Certamente você conhece alguém que parece gostar de gerar situações constrangedoras ou simplesmente polêmicas - e de graça, sem noção de tempo nem espaço. É verdade que nem sempre tais pessoas fazem isso racionalmente. Muitas vezes são levadas até por um simples impulso, ou mania de gerar atenções para algo que achou extraordinário, mesmo que o extraordinário seja alguém próximo. O problema é quando isso vira uma constante. Aos poucos, o engraçado passa a ficar desconfortável, rebatido, isolado ou, por fim, expurgado.

Um casal e uma vida real. A imprensa e a transformação em ícones midiáticos de uma história. Bruno Said e Michelle podem ser qualquer um de nós, pessoas comuns, com sentimentos e amores indescritíveis e apaixonados; mas agora com um diferencial que poucos têm: deram cara a uma história que muitos de nós sonhamos alcançar e, agora, tornaram-se referencial de sonho para vários leitores apaixonados. Bruno é meu colega de trabalho; Michelle, sua namorada bastante simpática e cordial; o casal, comprovadamente apaixonado. A imprensa acertou na escolha!